quarta-feira, 27 de abril de 2011

COPA DE OPORTUNIDADES

 

É possível que Cuiabá entre em um ciclo de desenvolvimento acelerado por conta de ser sub sede da copa 2014. As oportunidades aparecerão, espero. Penso que o setor de entretenimento vai ganhar substancial destaque nesse período. A promoção de atividades culturais deve ser uma constante. Os que para cá virão, vão querer conhecer nossas manifestações culturais no campo da música, da dança, do teatro, do artesanato e culinária. É hora de nos prepararmos, buscar qualificação naquilo que produzimos, aproveitarmos esse momento para darmos um upgrade em nossas carreiras. O mercado do negócio da cultura estará bastante aquecido, quem já está estabelecido sai na frente, mas a oportunidade é para todos. Neste sentido quem produz com conteúdo regional (autêntico ou estilizado) creio que terá preferência, é só lembrar que a linguagem tem que ser universal para dialogar com todas as platéias. Ainda faltam 3 anos, é tempo de sobra para aparecer fenômenos, nos profissionalizarmos e ter coragem de enfrentar o mercado com as exigências que ele impõe. É uma oportunidade de ouro, Cuiabá poderá ter os olhos do mundo e nossa arte conquistar novas fronteiras.


J. Astrevo, Carlos Roberto Ferreira e Lioniê Vitório - Lançamento do livro "Humor do Mato" - 2010



Capa do 3º DVD de Nico e Lau "Bico Calado" - 2010.



Capa do 2º DVD de Nico e Lau "O Golpe" - 2009.


NICO E LAU PRODUÇÕES ARTÍSTICAS LTDA
nicoelau@nicoelau.com.br / http://www.nicoelau.com.br/
(65) 3627.1244 
 Cuiabá - Pantanal - Mato Grosso

ANTENA LIGADA

Identificar uma oportunidade quando ela aparece nem sempre é uma tarefa muito fácil. As vezes o que nos apresenta como algo fora do nosso contexto, e por isso mesmo nos parece desprezível, é exatamente o que faltava para transformar nosso futuro. Enxergar exige olhar pelo menos duas vezes. Não ter medo de se desafiar constantemente também ajuda. Uma carreira de sucesso pode perigosamente se instalar numa zona de conforto. A mudança ou o acréscimo é fundamental para garantir longevidade. No mundo artístico isso é quase uma condição. Então perceber oportunidades que gerem novas possibilidades, as vezes significa descobrir novos nichos de mercados. A natureza humana é um pouco tendente ao conforto: assim tá bom, mudar pra que? Aí é preciso entender que o risco faz parte do seu negócio. Na música por exemplo, um cantor que faz grande sucesso com um tipo de música e descobre um filão, é natural que passe a gravar algo sempre parecido justamente para atender essa platéia, pois identifica que é isso que ela espera dele. A pergunta neste caso a ser feita é a seguinte: o que o artista espera de si próprio? Um diálogo confortável e repetitivo com seu público que o sustentará por um determinado tempo? Ou tentar surpreender buscando uma nova sonoridade e uma poética diferente que reestimule seu público? Desenvolver uma carreira de longa duração requer planejamento e se lançar ao desafio com alguma frequência. Ser artista significa estar sempre de antena ligada e plugado nas acontecências, mais do que isso: é criar os acontecimentos, ser ponta de lança e reiventar-se. Exercitar a mutação...

J. Astrevo Aguiar – autor,  diretor, intérprete da personagem Lau.    nicoelau@nicoelau.com.br




Lioniê Vitório e J. Astrevo - Grupo de Teatro Folhas - 1999.

Lançamento do 4º CD "Agitano na Balada" - Parque Mãe Bonifácia - Cuiabá/2006



Show de Nico e Lau "Preto no Branco" - Parque de Exposições - Cuiabá/MT - 2009


terça-feira, 26 de abril de 2011

CUIABÁ BEM HUMORADA




Cartaz da primeira edição do "Ataque de Riso" - 2009

Projeto humorístico Ataque de Riso realizado nos bairros de Cuiabá na sua 4ª edição foi um acontecimento histórico. Sucesso pleno de público e de crítica. É um processo de construção de um coletivo ancorado na visão mercadológica. Como diria o cuiabano um junta-junta de humoristas que já atuam no mercado de forma individualizada. O projeto é uma boa experiência para mensurar a afetividade do público para com os artistas que apresentam seu humor com linguagem própria e diferenciada das demais comumentes no Brasil. O resultado foi o melhor possível. Nas edições anteriores realizadas em teatros, houve esgotamento de ingressos, agora de forma gratuita, faltou espaço, aglomeração de pessoas e um clamor por uma nova edição. Tomar a dianteira de um processo, funcionar como fator de agregamento de artistas em torno de uma idéia e construir um conceito de trabalho cooperativo destinado a fortalecer o mercado para a arte produzida aqui, além de socializar  plateia conquistada por todos, são metas nobres e imperativas. O fim a que se destina tudo isso é construir  um projeto de marketing para a capital de Mato Grosso.  “Cuiabá, a capital do bom humor”, promover  aquilo que o cuiabano sabe fazer de melhor, receber bem, de forma agradável ajudar o próximo. O desafio é transformar isso numa marca e comercializar como um produto que já tem antecedentes de boa aceitação.  É óbvio que até os estrangeiros que virão para cá vê djogo de bola, como diria o bom cuiabano, vão querer e gostar de consumir Totó Bodega, Bastiana Cacerense, Comadre Pitu, Generoso, Odilza, Banga, Chico Bagre, Ximburé, João Kuiudo, Lambada, Dito Bocaiuva, Comadre Creonice, Judite, Bidú, Cássia ou Nico e Lau. Nós estamos fazendo nossa parte ao expor isso de forma voluntária e profissional, o público já comprou a idéia, agora precisamos de avalistas, e assim ofertá-lo ao estado para que todos possam também ser um representante comercial do bom humor do mato-grossense. Quando o comum é a desunião e a concorrência, o projeto Ataque de Riso busca exatamente o ajoujamento e a integração das linguagens.


J. Astrevo Aguiar – autor,  diretor, intérprete da personagem Lau.  
(65)3627.1244  -  Cuiabá/MT.


4º Ataque de Riso - Bairro Pedra 90 - Cuiabá/MT- 2011
 
video

VT do Ataque de Riso veiculado na TV Centro América


 
Humoristas participantes do 4º Ataque de Riso - Bairro Santa Izabel -2011






Ataque de Riso - Projeto da Nico e Lau Produções - Bairro Poção/Cuiabá - 2011.




Outdoor do 2º Ataque de Riso - 2010


QUEM É NICO E LAU?



Nico e Lau foram criados em 1995 pelos atores Lioniê Vitório e J. Astrevo após mais de uma década de carreira artística atuando em teatro.

Lioniê Vitório (Nico) 41 anos, mato-grossense de Santo Antônio de Leverger. Formado em Artes pela Unic e Pós–Graduado em Patrimônio Cultural. Foi  Secretário de Cultura, Vereador, Vice Prefeito e Prefeito interino do seu município. Como ator começou em 1986 no Grupo Ânima de Teatro na antiga Escola Técnica, hoje IF-MT.

Justino Astrevo de Aguiar (Lau) 46 anos, cuiabano. Formado em Letras pela UFMT, Pós Graduado em Planejamento e Gestão Cultural pela UNIC. Autor, Diretor e Ator, foi Secretário de Cultura de Cuiabá e Professor Universitário. Começou sua carreira artística em 1980 quando fundou a Cia Folhas Produções.

Em 1989 Vitório recebeu convite do diretor J. Astrevo para participar do espetáculo ÚLTIMO BAILE DE VERÃO de sua autoria. A parceria deu certa e desde então Lioniê e Astrevo passaram a atuar juntos em diversos espetáculos teatrais.

Em 1995 os atores receberem convite da TV Record de Cuiabá/MT (Grupo Gazeta de Comunicação) para participarem do programa “REVISTA DA MANHÔ. Lá criaram as personagens NICO e LAU comandando o quadro PORTEIRA ABERTA. Com o sucesso do quadro a dupla foi convidada para participar do Programa dominical “SER...TÃO MATO-GROSSENSE”, apresentado pelo radialista Carlos Roberto “Mortadella”, oportunidade que fez crescer a popularidade da dupla.

Em 1996 levaram pela primeira vez as personagens para o palco com o show humorístico que levava o nome da dupla: NICO E LAU- O Show. O trabalho teve ótima repercussão e deu início a carreira de espetáculos teatrais dos comediantes que assim sucederam-se:
O COBRADOR em 1997, O SORTUDO em 1998, O TANTÃ em 1999, A CASA ASSOMBRADA em 2000, O FREGUÊS em 2001, O MALA em 2002. QUEM COCHICHA O RABO ESPICHA em 2003, BALAIO DE GATO em 2004, QUEM IMPORTA O RABO ENTORTA em 2005, UM PROGRAMA BEM BOM em 2006, O GOLPE em 2007, BICO CALADO em 2008,  PRETO NO BRANCO em 2009, PEGA INTELIGÊNCIA 2010 e NA PONTA DA LÍNGUA em 2011. Todas com textos e direção de J. Astrevo Aguiar.




Chico Anysio com Nico e Lau - 2003
(No aniversário da dupla) 


Em 2003, comemorando 08 anos de carreira, trouxe a Cuiabá CHICO ANYSIO. Evento que superlotou o Cuiabá Tênis Clube e agregou imensurável valor mercadológico para a dupla. Esse acontecimento deu origem ao projeto Festival Nacional do Humor realizado anualmente pela Nico e Lau Produções. Este Festival já trouxe à Cuiabá os comediantes Saulo Laranjeira, Jorge Loredo, Geraldo Magela, Claudia Rodrigues, Paulo Silvino e o cantor cearense Falcão.

A dupla já lançou 4 CDs musicais. Em 1998 o primeiro: A DANÇA DO LAMBARI, em 2000 o segundo: ARRIPIÁ, o terceiro em 2003 ACHO QUE TÔ APAIXONADO e em 2006 o quarto - AGITANO NA BALADA.

Em 2007 a dupla lançou seu primeiro DVD – o curta metragem O JOGO e 10 episódios do MINUTO DO HUMOR de bônus.

Em 2009 os atores Lioniê Vitório e J. Astrevo, criaram o Projeto ATAQUE DE RISO, um grande encontro de humoristas mato-grossenses. O evento já esta na sua quarta edição, onde tiveram as participações dos personagens: Totó Bodega,  Comadre Pitu, Generoso, Odilza, Chico Bagre e Ximburé, Bidu, Cássia, Judite, Banga, João Kuiudo, Bastiana Cacerense, Palhaço Lambada, Creonice,  Dito Bocaiúva, João Montanha, Nico e Lau.

No ano de 2010 em comemoração aos 15 anos de dupla, foi lançado dois DVDs BICO CALADO, O GOLPE e  o livro “HUMOR DO MATO – Um picadeiro a céu aberto para a obra de Nico e Lau”,  que faz uma análise crítica da carreira artística dos atores e também das personagens.

Desde 2005 veicula o programa MINUTO DO HUMOR na TV Centro América e a partir de 2007 na TV Morena em Mato Grosso do Sul, parceria com a Rede Mato-grossense de Televisão, em 2011 outro programete foi lançado “PAPO CABEÇA” substituindo o anterior e veiculando nos intervalos comerciais.

Eles já atuaram em mais de 200 peças publicitárias para empresas privadas como: Supermercado Modelo, Unimed, Grupo City Lar, Drogaria América, Drogaria Aeroporto entre outras e no setor público para o Governo do Estado e diversas Prefeituras.


NICO E LAU PRODUÇÕES
(65) 3627.1244


Nico e Lau e seu novo figurino preto e branco - 2010

As feras do humor nacional e regional

Folder da 3ª Temporada Nacional do Humor - Centro de Eventos doPantanal/MT - 2009

Primeiro show de Nico e Lau -1995. Teatro da ETFMT - Cuiabá/MT